This website uses cookies. By using the site you are agreeing to our Privacy Policy.

Portugal

Núcleo

Sensor

Sensor do formato de imagem FUJIFILM G

A FUJIFILM GFX 50R integra um sensor CMOS de 43,8 mm x 32,9 mm de formato médio: um produto da extraordinária história da Fujifilm, da tecnologia digital de ponta e do amplo conhecimento de câmaras de película de médio formato. Revelando uma resolução efetiva de 51,4 megapixels, em conjunto com objetivas GF de alto desempenho, o sensor oferece tons e uma nitidez superior, impressionando fotógrafos profissionais que trabalham na área comercial, moda ou natureza.

Design de sensor otimizado

A forma das micro-objetivas com capacidade de captação de luz e o processamento a partir dos fotodíodos foram otimizados para obter um elevado nível de nitidez e um alcance dinâmico expandido. A sensibilidade ISO nativa mais baixa de 100 e o alcance dinâmico de 14 paragens, conseguido com os dados RAW de 14 bits, oferecem imagens de alta definição numa variedade de condições, com tons de pele nitidamente mais ricos e detalhes de folhagem complexos.

Processador

X-Processor Pro

A FUJIFILM GFX 50R inclui o motor de processamento de imagem X-Processor Pro, com capacidade para fazer sobressair as melhores características do sensor de 51,4 megapixels. O processamento avançado acelera e otimiza o desempenho da câmara em diversas áreas, incluindo a notável reprodução de cores com os modos de Simulação de Filme exclusivos da Fujifilm, conversão RAW na câmara para o formato TIFF de 8 bits, contraste AF preciso, tempo de inicialização rápido e desfasamento mínimo no disparo do obturador e intervalos de disparo entre fotogramas.

Montagem

FUJIFILM G Mount

A FUJIFILM GFX 50R utiliza a G Mount, que possui um diâmetro do encaixe de 65 mm, distância posterior do flange de 26,7 mm e distância focal posterior mínima de 16,7 mm. Utiliza 12 pontos de contacto eletrónicos para enviar e receber dados, para além de suportar a utilização de uma vasta variedade de objetivas e acessórios. A curta distância focal posterior, possível graças à estrutura do sistema "mirrorless" da Fujifilm, permite uma maior liberdade no design da objetiva para contribuir para o desenvolvimento de objetivas GF rápidas, compactas e de elevado desempenho, ao mesmo tempo que impede o efeito de vinheta para possibilitar nitidez em todas as extremidades.